quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Lua Nova

As previsões de ontem concretizaram-se e dormi mesmo no sofá da sala, que até bastante confortável. Hoje à tarde engonhei bastante, mas o trabalhei o suficiente. Aspirei, lavei o chão, pus os moveis no sitio (troquei o lugar da arca com o da secretária), limpei os moveis todinhos, fiz a cama de lavado sozinha (pela primeira vez), devolvi a tralha ao lugar, arrumei a casa de banho, etc...

Estou quase quase a acabar, falta-me só um bocadinho, um bocadinho pequenino. Concretizando, falta-me limpar a estante (o Francisco trata disso), decidir o sitio dos escabelos, encontrar um tapete, arranjar duas molduras, tirar uma foto onde fique bem, arrumar a montanha de roupa que está numa cadeira à entrada do quarto e arrumar a tralha que está no carrinho. Amanhã vou tratar disso tudo. Vou conseguir cumprir o prazo.


PS. Temos uma grande conversa pela frente.



Pequena pérola que encontrei enquanto arrumava a secretária, já com alguns meses.

"O Picheleiro"
"Como toda a gente sabe o Picheleiro é um sitio especial, nem que seja por eu lá viver (...). Uma coisa que nem toda a gente sabe é que o Picheleiro é o centro do universo. Como já escrevi bastante e apetece-me ver os "Desaparecidos" deixo-te a pensar o porquê do Picheleiro ser o centro do universo."

1 comentário:

*Lótus* disse...

Revejo-me um pouco neste teu post...somos autênticas fadas-do-lar (não que isso me alegre pois para a minha mãe significa: "ai sabes fazer? então toma lá mais trabalho!") quanto a pores o Francisco a trabalhar, concordo plenamente! De pequenino é que se torce o pepino! além disso já lá vai o tempo em que as mulheres é que faziam as tarefas domésticas!